Matérias

Site elege as dez melhores músicas do Nirvana

Em abril deste ano fez quinze anos da morte de Kurt Cobain, do Nirvana. E, na ocasião, o site askmen.com elaborou uma lista com as 10 melhores do power trio de Seattle. Confira:

1º - "Smells Like Teen Spirit": Era quase óbvio que essa seria a canção número um de uma lista que deixou de fora até "Heart Shaped Box". Porém a música tem muito peso tanto no sentido de som quanto para a indústria fonográfica. É óbvio que o Nirvana não foi a banda que inventu o Grunge mas é muito óbvio também que ela foi a de maior destaque e divinamente merecida, porque não é todo dia que se vê uma banda de três garotos imundos indo contra tudo que boy bands pregavam.

2º - "All Apologies": Citada como o melhor riff de guitarra da banda, o destaque vai para o final da faixa, onde todos os membros cantam juntos, em perfeita harmonia.

3º - "Something in The Way": A "última" faixa do "Nevermind" narra o mito de Kurt supostamente ter vivido embaixo de uma ponte por algum tempo. Uma canção mórbida e atraente.

4º - "Sliver": Uma canção antiga, entrou para o B-side de "Incesticide". Os méritos da música vão para sua simplicidade, o baixo de Novoselic e a cativante "história" supostamente veridica de Kurt em algum tempo de sua infância.

5º - "You Know You're Right": A canção que gerou batalhas judiciais entre os membros restantes da banda e a senhora Cobain, apareceu na coletânea intitulada Nirvana, conhecida pelos fãs como "a caixa preta", de 2002. A canção explodiu nas rádios e levantou novamente a moral da banda, colocando bandas post-grunges como Creed e Nickelback pra comer poeira.

6º - "Serve the Servants": A abertura do último álbum oficial da banda, "In Utero". Nela Cobain ataca seu pai e o mal da adolescência e do divórcio.

7º - "Pennyroyal Tea": A versão que ganhou o 7º lugar foi a do "MTV Unplugged in New York". Apresentação bastante tocante, onde Kurt Cobain toca a canção sozinho e de maneira bastante expressiva. Na terceira parte da música ele diminui o tempo da canção e sua voz falha, e esse é um dos motivos pelos quais a música tornou-se tão bela.

8º - "Spank Thru": "Inédita" até então, apareceu no "From the Muddy Banks of the Wishkah". Ao que parece, "Spank Thru" foi a primeira canção que Kurt tocou, na época do “Fecal Matter”.

9º - "Come As You Are": A terceira faixa do "Nevermind" na qual aparece um Kurt Cobain mais "soft". E ela traz uma frase que faria sentido alguns anos depois: "Now I don't have a gun".

10º - "Rape Me": Destaque para a apresentação nos SNL e sua letra controversa. Parte do álbum "In Utero".
publicado em
20/10/09

7 comentários:

sergio disse...

Oi tudo bom, curto muito esse blog!!
queria pedir a gentileza se possivel de divulgar nosso ultimo clip em seu blog, ta bem legal sei que a galera vai gostar
grande abraço e sucesso.
segue o link
http://www.youtube.com/watch?v=v1SzXXPfH1Y

blog disse...

"Smells Like Teen Spirit´´ concerteza a MELHOR.

Anônimo disse...

lithium ficou de fora !!

sacanagem msm

Pensador Ambulante(R.C.) disse...

Cade "In bloon"? Que decepção hein!

Anônimo disse...

NIRVANA a melhor banda do mundo, eu te amo KURT COBAIN

Anônimo disse...

gente por favor, porta mais materias sobre o kurt cobain e o nirvana

Iv$ disse...

Cade a Heart Shaped Box DDD:
Curti teu blog se puder da uma olhada no meu www.rockstylesx.blogspot.com